A TAP recebeu mais um Airbus A321neo, no seguimento do seu objectivo principal no momento, a modernização da frota

O Airbus A321neo CS-TJN é o terceiro avião a chegar à TAP só este mês, dos 37 aviões que chegarão à Companhia até ao final do ano.

Ao todo, até 2025, a TAP receberá 71 novas aeronaves, «ficando assim como uma das frotas mais modernas a nível mundial».

A nova aeronave da TAP tem 198 lugares, mais conforto e é mais moderna. Com reduções significativas de consumo de combustível, é «15 por cento mais eficiente do que o modelo anterior, permite uma poupança de 1500 toneladas de combustível por ano e uma redução de 4700 toneladas de CO2 emitido».

Читайте также:  Greve dos controladores aéreos condiciona voos para vários paises

Os novos aviões que a Companhia encomendou à Airbus são, além dos «A321neo, os A321neo Long Range, A320neo e o A330-900neo, uma aeronave de vanguarda da qual a TAP é a primeira operadora mundial».

Modernizando a sua frota com os aviões mais modernos do mercado a TAP poderá aumentar a oferta e crescer para novos destinos, «reforçando a sua competitividade». Na América do Norte, já estão à venda os destinos São Francisco, Washington e Chicago que se juntam  a Nova Iorque – JFK, Nova Iorque – Newark, Boston e Miami, com partida de Lisboa. Com partida do Porto pode viajar também para  Nova Iorque – Newark , além de Toronto, no Canadá.

Nápoles, Tenerife, Telavive, Dublin e Basileia são os novos destinos «que a TAP já anunciou para 2019».