Os aeroportos portugueses geridos pela Vinci Airports processaram, no primeiro trimestre de 2019, um total de 11,014 milhões de passageiros, o que correspondeu a um crescimento de 6,2% face a igual período do ano passado.

A Vinci Airports informou em comunicado que “o crescimento do tráfego foi particularmente acentuado em Faro (+ 12,3%) e Porto (+ 9,5%)”, o que mostra “a contínua popularidade do país entre os turistas estrangeiros”.

O Humberto Delgado registou, em igual período, um crescimento de 4,2%, “apesar da elevada base de comparação e das actuais limitações de capacidade”, acrescentou a empresa.

No acumulado dos últimos 12 meses, o tráfego nos aeroportos portugueses atingiu já aos 55.979 milhões de passageiros, o que traduz uma subida de 5,8% face a período homólogo.

Читайте также:  CFM autoriza TAP a fazer manutenção do motor Leap1 nas suas oficinas

No conjunto de todos os aeroportos que compõem a rede da Vinci Airports, o tráfego aumentou 6,4% face ao primeiro trimestre de 2018, fixando-se nos 47,6 milhões de passageiros processados, com destaque para os aeroportos franceses e para os recentemente adquiridos, “em particular Belfast, no Reino Unido, e Libéria, na Costa Rica”.