Como era de esperar, a Joon, companhia, subsidiária da Air France fechou as portas.

A companhia, subsidiária da Air France, operou seu último voo, e terminou uma experiência de quase dois anos, que tinha como objectivo competir com empresas de baixo custo em voos de média e longa distância pela Europa.

Esta alteração leva a que os voos para Fortaleza passem a ser operados pela Air France.

Lançada em 2017, a Joon tinha como objectivo atingir os “millennials” (Geração Y com idade entre 18 e 35 anos) servindo de laboratório de inovações para a Air France.

Mais pequena seria mais fácil testar e implementar novidades. Na prática, a estratégia seria atrair uma clientela jovem e moderna, objectivo que parece não ter resultado.

Читайте также:  Iberia dá nome de navegador espanhol ao novo A350

A Joon demorou a perceber que a geração que tinha como alvo só pretendia  o que todos pretendem: passagens aéreas baratas.

Em 2018 a Joon iniciou os seus voos de longa distância, chegando a Fortaleza.
No entanto a Joon era uma companhia de aviação que pretendia ser low cost mas cujos objectivos eram difíceis de entender