A momondo, motor de busca de viagens, hotéis e carros de aluguer, lança o quinto Estudo Anual de Voos que permite aos utilizadores ter acesso a insights personalizados que lhes dizem quando marcar voos e viajar para os seus destinos preferidos.

O estudo revela que «os portugueses podem poupar até 56% em média, se reservarem voos com 73 dias de antecedência para destinos europeus, e uma média de 24%, se marcarem voos para destinos no resto do mundo com 57 dias de antecedência».

Para os portugueses que estão já a pensar nas suas próximas férias, a quinta edição do Estudo Anual de Voos mostra-lhes quando começar a procurar voos e quais as melhores alturas para viajar para os seus destinos favoritos.

A momondo sugere que os portugueses «reservem voos com uma média de dois meses de antecedência, seja para destinos europeus ou para o resto do mundo».

Читайте также:  Acordo de Codeshare firmado entre Turkish Airlines e a Indigo Airways

Ao reservar voos para destinos dentro ou fora da Europa, os portugueses não devem esperar até ao último minuto: «os voos mais baratos estão disponíveis cerca de dois meses antes da data da partida», explica em comunicado.

Esta sugestão pode levar «a uma poupança média de até 56%, para reservas feitas 73 dias antes da viagem, quando o preço de uma viagem de ida e volta ronda os 117€, em vez de esperar até ao dia da viagem, quando os preços sobem para uma média de 267€».

Os viajantes que procuram destinos fora da Europa devem esperar um pouco mais: «os voos mais baratos encontram-se cerca de 57 dias antes da viagem (552€), uma média de menos 24% comparado com a altura mais cara para comprar, dois dias antes da partida (724€)».

Читайте также:  Monocle reelege tripulação da TAP como “a mais bonita do mundo”

Segundo Margarida Gameiro, porta-voz da momondo para Portugal “não há melhor sensação do que saber que encontrámos a nossa viagem ao melhor preço quando planeamos as nossas férias, e não é de surpreender que a melhor altura para reservar um voo e viajar depende do destino».

Por exemplo, para voos a sair de «Lisboa para Roma, em Itália, é possível poupar até 50% se se reservar com 60 dias de antecedência,  enquanto que para Pequim, na China,  se reservar com 46 dias de antecedência pode poupar cerca de 32%». Margarida Gameiro concluiu que o Estudo Anual de Voos «garante que os portugueses têm toda a informação de que precisam para encontrar voos baratos para a sua próxima viagem, independentemente do destino e do tipo de viagem».